quarta-feira, 10 de julho de 2013

DF: Comil celebra venda de 466 ônibus para Viação Pioneira

A Comil acaba de fechar a comercialização de 466 ônibus urbanos à Viação Pioneira, do Distrito Federal – maior compra já realizada pelo cliente e uma das maiores vendas na história da fabricante gaúcha. O negócio reforça a credibilidade da marca na região central do País, especialmente na capital brasileira, importante vitrine para divulgação de seus produtos. Desse modo, a Comil assume definitivamente sua posição no segmento nacional de veículos urbanos às vésperas de inaugurar sua nova fábrica em Lorena, interior de São Paulo.

Foram encomendados pela Viação Pioneira 397 unidades do modelo Svelto, sobre o chassi Mercedes-Benz 1721, e 69 micros Piá Urbano, com o chassi também Mercedes LO 916. Em suas configurações, possuem algumas inovações, como sistema de abertura de portas elétrico (o sistema convencional é pneumático), monitores LCD na parte interna dos veículos para transmitir informações aos passageiros, sistema de monitoramento com quatro câmeras internas, sistema de áudio, entre outros. Estes ônibus chegam para renovar e ampliar a frota da empresa, que passará a contar, em breve, com uma frota de 640 veículos. Com previsão de entrega para os próximos meses, os novos ônibus serão utilizados em linhas regulares do Lote 2 do DF, referente a licitação que a empresa venceu para operação exclusiva nas cidades de Itapoã, Paranoá, Lago Sul, São Sebastião, Candangolândia, Park Way, Gama e Santa Maria.

Considerada uma das maiores companhias de transporte do Brasil, a Pioneira possui 35 anos de atuação e 17 de parceria com a Comil. “Estamos acompanhando a evolução de seus produtos, tanto na qualidade, design, quanto na fabricação, e percebemos um avanço constante. Outro ponto forte da marca é o pós-venda, cada vez mais desenvolvido para melhor atender o cliente”, comenta Maurício Moreira, diretor operacional da Viação Pioneira, avaliando os principais itens que justificaram a grande compra. Com a novidade, segundo o executivo, a empresa espera reforçar a excelência de seus serviços aos passageiros do Distrito Federal.

Para Vagner Rigon, gerente nacional de vendas da Comil, a conclusão deste negócio com a Pioneira chancela a confiança do mercado nos produtos da fabricante gaúcha. A venda supera, por exemplo, os cerca de 300 ônibus comercializados ano passado para o Grupo Belarmino, de São Paulo, outra grande força no cenário nacional de transportes. “A região de Brasília ficou sem renovação por muito tempo. Este volume (466 unidades) representa um quarto do total de veículos que deverão ser renovados, criando a possibilidade de novos e expressivos negócios na região”, destaca Vagner Rigon.

De acordo com Marcos Pimentel, consultor de negócios da Região Centro Oeste, compras expressivas como esta, realizadas por grandes grupos, colaboram fortemente para a divulgação dos modelos da fabricante no mercado. “Sendo a Pioneira uma das maiores companhias do setor no Brasil, possuindo a maior frota de nossa capital federal, temos ela como uma importante parceira e formadora de opinião no segmento”, ressalta Pimentel sobre o orgulho de contar com a Pioneira no hall de clientes da Comil.

Conforme Rigon, o fechamento de bons negócios abre as portas para o maior e mais novo empreendimento da marca: a moderna fábrica de veículos urbanos na cidade paulista de Lorena, que será inaugurada no segundo semestre deste ano. “Estamos reforçando a nossa presença neste segmento, principalmente através de um portfólio de excelência em produtos, que atende as diversas necessidades de nossos clientes. Essa posição ganhará ainda mais força com o início das atividades da nova planta. Assim, estaremos aptos a atender volumes desta grandeza com maior frequência, de forma muito mais ágil, deixando para Erechim produtos de maior complexidade fabril”.

Fonte: Comil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre a moderação:

1) é de caráter de organização;

2) devido à atualização diária e ao grande volume de notícias postadas, muitos comentários chegam com dúvidas ou perguntas em postagens anteriores e o Blogger não avisa (notifica) que há comentários nestes posts (só quando a moderação está ativada);

3) A moderação é como uma garantia, já que o comentário feito será visualizado e os mesmos serão lidos e publicados e ao meu alcance perguntas feitas serão respondidas;

4) é importante lembrar que não estou online 24h, portanto se fez um comentário, por favor, aguarde como já expliquei no item 3;

5) Podem comentar a vontade, seja este uma crítica, sugestão, reclamação, dúvida, elogio etc, ou seja, o espaço é de vocês leitores;

6) Usem do bom-senso e da educação, pois comentários com palavras de baixo calão e/ou ofensas não serão publicados. Evitem também comentar em caixa-alta, já que o Blogger sinaliza como spam este tipo de comentário.

7) Os comentários publicados não representam a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem.