quinta-feira, 20 de junho de 2013

DF: Protesto de motoristas deixa população sem ônibus em São Sebastião

Cerca de 200 pessoas fazem uma manifestação em frente à garagem do Grupo Amaral, em São Sebastião. A empresa passou a ter intervenção do governo do Distrito Federal. A Polícia Militar (PM) informou que recebeu o chamado de reforço para o local às 5h54 desta quinta-feira (20/6).

De acordo com a PM, 15 motoristas estacionaram os ônibus diante da garagem, impedindo a saída de outros veículos. Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, João Osório, "o protesto não é um movimento do sindicato. É uma iniciativa aos próprios trabalhadores" disse.

Às 6h da manhã os pontos de ônibus de São Sebastião estavam lotados, apesar dos transtornos causados pelo movimento, a população apoia a paralisação dos motoristas e cobradores. Os manifestantes fizeram uma passeata entre o terminal de ônibus e a entrada da cidade e a via que dá acesso à São Sebastião chegou a ser bloqueada. Os manifestantes marcham em direção ao Jardim Botânico e ocupam a pista que liga as duas cidades. A polícia acompanha o protesto que até o momento segue pacificamente.

A categoria reivindica verbas trabalhistas que a empresa teria deixado de pagar, como o depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A população que apoia o movimento ainda pede melhores condições do transporte público. Manifestantes disseram ao Correio que dependem do transporte pirata para chegar à Rodoviária do Plano Piloto.

Fonte: Correio Braziliense