domingo, 17 de março de 2013

DF: Prazo para Expresso São José e Viação Pioneira renovarem 100% suas frotas vence em julho

Mesmo com as obras atrasadas do Expresso Sul das regiões de Santa Maria e Gama, a população não deve ficar sem ônibus nas regiões que fazem parte da Bacia 2, garante o Secretário de Transportes, José Walter Vazquez. Os ônibus dessa área e da área 5 já terão que circular nas regiões contempladas até julho - prazo final de acordo com o processo de licitação do novo Sistema de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal - sem que as obras do corredor exclusivo estejam prontas.

A Bacia 2 (Viação Pioneira), com a maior frota, 640 ônibus, vai atender oito cidades e parte do Park Way. O secretário destaca que as pessoas vão ter transporte nas regiões. "A vencedora daquela área vai ter que atender a população de um jeito ou de outro. Os ônibus vão rodar normalmente, mas apenas os articulados de piso baixo ainda não, pois precisam do corredor exclusivo", explica.

Do total, 70 ônibus articulados, 41 de piso baixo só devem começar a rodar após as obras do corredor serem entregues. O chefe da pasta ressalta que se houver necessidade em último caso, os ônibus de outras bacias poderão ser deslocados para atender a população daquela região.

Para a secretária, Helenir Gonzaga, a entrega dos ônibus de Santa Maria e Gama não vai mudar nada na vida da população dessas cidades. "A única melhoria do transporte é que vai ter ônibus novos, mas o tempo e o transtorno no trânsito ainda vai continuar", destaca. Já a dona de casa, Aparecida das Graças, que se o transporte funcionar melhor do que o atual será uma vitória. "Só de tirar esses ônibus sucateados, vai ter uma melhoria de 50% na vida de quem mora nessa região", avalia.

Em andamento

No final de 2012, o GDF anunciou duas empresas que vão operar nas bacias 2 e 5. Os contratos com as empresas Expresso São José (Bacia 5) e Viação Pioneira (Bacia 2) foram assinados em 31 de dezembro. O governo destacou que até 30 de junho de 2013, a frota estará 42% renovada. Até o final deste mês, o governo pretende assinar o contrato com outras duas empresas habilitadas (Consórcio HP-ITA e Auto Viação Marechal) para as Bacias 3 e 4 que devem começar a operar no máximo de seis meses a partir da assinatura.

O Secretário de Transportes afirma que o governo não vai esperar que todas as bacias sejam julgadas para poder operar como foi dito no início da licitação. "Como as outras bacias estarão sendo contratadas depois, estamos procurando, até para não atrasar mais, iniciarmos de forma parcial para chegar em setembro com toda a frota rodando".

Fonte: Jornal Alô Brasília