terça-feira, 26 de julho de 2011

Entorno DF: Rodoviários confirmam greve em seis cidades do Entorno na quarta-feira


Os representantes dos sindicatos dos rodoviários no Entorno confirmaram a paralisação dos ônibus em seis cidades nesta quarta-feira (27/7). As cidades de Valparaiso, Cidade Ocidental, Novo Gama e Planaltina de Goiás se juntam à Águas Lindas, que está com os ônibus parados desde segunda-feira (25/7), e Santo Antonio do Descoberto, que aderiu à paralisação na manhã desta terça-feira (26/7).

O presidente da Central Única dos Trabalhadores do Distrito Federal (CUT-DF), José Eudes Oliveira da Costa, participa, na tarde desta terça-feira (26/7), de uma reunião com os rodoviários de Águas Lindas para estabelecer novas estratégias de negociação. O presidente do sindicato da cidade, Ronilton Gonçalves, confirmou que a greve vai continuar.

De acordo com o presidente do sindicato que representa os rodoviários dos municípios Cidade Ocidental, Valparaíso e Novo Gama, João Bezerra, a reunião desta terça-feira (26/7) com os rodoviários de Águas Lindas ocorre porque "os patrões não querem dar o aumento que os rodoviários acreditam ser justo". "Os patrões só querem dar um aumento linear de 6,29% e querem continuar com a carga horária de 7h20 diárias, o que é uma injustiça", diz. Ele confirmou a paralisação dos rodoviários das três cidades. "Ainda não sabemos o horário e o local, mas vamos parar amanhã", garante.

O presidente da CUT-DF informou que não houve negociações na reunião de ontem (25/7) com as empresas e, por isso, a população precisa estar avisada. “Só em Águas Lindas 100 mil pessoas dependem do transporte coletivo. Em Santo Antônio do descoberto são mais 60 mil”, informa.

A Associação das Empresas de Transporte de Passageiros do Entorno do DF afirmou que só negocia quando os rodoviários retomarem as atividades.

Fonte: Correio Braziliense (http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/07/26/interna_cidadesdf,262763/rodoviarios-confirmam-greve-em-seis-cidades-do-entorno-na-quarta-feira.shtml)

8 comentários:

  1. fico muito preocupado com o transporte público de Brasília e entorno, pois sabemos que os governos não investem no setor e número de carros só aumenta, logo o sistema vai explodir.Esta na hora dos governos investirem mais nas empresas com subsídios e criação de faixas exclusivas para ônibus.

    ResponderExcluir
  2. Se a situação continuar assim daqui a pouco Brasília vai virar um caos. O GDF precisa fazer sua parte e investir em transporte público, com mais subsídios para as empresas e construção de faixas exclusivas para ônibus.

    ResponderExcluir
  3. Pior do que essa paralisação temporária é o número cada vez maior de carros. Precismos de uma reforma urgente no transporte público de Brasília e entorno. Chega de paliativos esta na hora do governo investir.

    ResponderExcluir
  4. Acredito que a melhor coisa seja apoiar as empresas de ônibus para que tenhamos um transporte melhor.

    ResponderExcluir
  5. Monopolio de onibus no entorno nao abre concorrencia faz tempo alguem ta ganhando muito dinheiro com isso passagem cara bus velho quem perdi somos nos usuarios.......

    ResponderExcluir
  6. Essas constantes greves é só o início de problemas maiores que virão, pois o governo não investe em transporte público. Está na hora do GDF acordar se não todos vão sofrer

    ResponderExcluir
  7. Esse é apenas um problema que Brasília e entorno vão viver, caso o GDF não invista pesado em transporte público. Acorda Agnelo, chega de paliativos.

    ResponderExcluir
  8. Estão lutando pelos direitos deles. Acredito que uma bela dica é a de se buscar melhorias para o sistema de transporte, vamos tentar desenvolver essas melhorias e assim, procurar incentivar as empresas de ônibus com maiores subsídios.

    ResponderExcluir

Sobre a moderação:

1) é de caráter de organização;

2) devido à atualização diária e ao grande volume de notícias postadas, muitos comentários chegam com dúvidas ou perguntas em postagens anteriores e o Blogger não avisa (notifica) que há comentários nestes posts (só quando a moderação está ativada);

3) A moderação é como uma garantia, já que o comentário feito será visualizado e os mesmos serão lidos e publicados e ao meu alcance perguntas feitas serão respondidas;

4) é importante lembrar que não estou online 24h, portanto se fez um comentário, por favor, aguarde como já expliquei no item 3;

5) Podem comentar a vontade, seja este uma crítica, sugestão, reclamação, dúvida, elogio etc, ou seja, o espaço é de vocês leitores;

6) Usem do bom-senso e da educação, pois comentários com palavras de baixo calão e/ou ofensas não serão publicados. Evitem também comentar em caixa-alta, já que o Blogger sinaliza como spam este tipo de comentário.

7) Os comentários publicados não representam a opinião do blog; a responsabilidade é do autor da mensagem.